Estudo Eletrofisiológico

O que é Estudo Eletrofisiológico?
O estudo eletrofisiológico consiste na introdução de cateteres (tubos finos e flexíveis especiais) em locais específicos do coração para descobrir e estudar os defeitos no sistema elétrico do coração. Além disso, o estudo eletrofisiológico é parte do procedimento de ablação por cateter, pois é através deste exame que é possível descobrir o local de origem da arritmia cardíaca. Por isso, o exame é fundamental para descobrir as causas das palpitações ou desmaios.

Quando está indicado o estudo eletrofisiológico?
O estudo eletrofisiológico está indicado para os pacientes que apresentam sintomas como palpitações, tonteiras e/ou desmaios. Também é utilizado para o diagnóstico de taquicardias documentadas pelo eletrocardiograma e para verificar o risco de morte súbita em alguns tipos de pacientes.

O que é Ablação por Cateter com Radiofreqüência?
É um método de tratamento das arritmias cardíacas através do qual é feita a cauterização dos seus focos, localizados pelo estudo eletrofisiológico. Essa cauterização é realizada pela aplicação de energia de radiofreqüência (uma forma de energia semelhante ao bisturi elétrico), por meio de cateteres interligados a uma máquina especial.

Quando está indicada a Ablação por Cateter com Radiofreqüência?
A indicação é sempre discutida com o médico e geralmente se aplica a pacientes que apresentam taquicardias acompanhadas de sintomas como palpitações, desmaios ou tonteiras, difíceis de serem tratadas com remédios ou nos casos do paciente preferir não tomar drogas antiarrítmicas por longo prazo.
A ablação por cateter pode ser usada para tratar várias arritmias, tais como: taquicardia por reentrada nodal, taquicardia por via acessória ou síndrome de Wolff-Parkinson-White, Fibrilação atrial e flutter atrial ou taquicardia ventricular.

Comments are closed.